Unidade Vila Mariana (11) 2275-2516/2276-2835

Unidade Moema (11) 2738-1700/2738-1900

Blog

09 dez

Nossa Casa

por nossacasa

Bazar

Como sempre, o Bazar Beneficente da Nossa Casa foi de arrasar.

Muita alegria, muita animação, muita coisa legal!

No artesanato, as lindas e famosas peças produzidas pelas nossas hóspedes nas aulas de artes.  

 

Muitos amigos e familiares estavam presentes, tanto na unidade Moema quanto na Vila Mariana, e já garantiram seus presentes de Natal.

Dessa vez, a entidade assistida foi a Associação Cruz Verde (Referência em Paralisia Cerebral). 

Recebemos bastante doações como fraldas infantis, pasta de dente, escovas de dente e outros utensílios de higiene pessoal. Ajude você também. 

É muito bom poder somar alegria, boa ação e amor ao próximo.

Agora é reta final de 2019.

Boas festas! 

Idoso faz Enem

Obstinação e continuação são sinônimos da palavra persistência. Características essas que definem João Isaac. Aos 64 anos, ele enfrentou pela quinta vez o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), em Porto Velho.

O sonho de se tornar engenheiro civil não sai dos planos de Isaac. Mecânico de formação e com mais de 30 anos de experiência, ele diz que é uma questão de tempo para realizar o desejo de sentar em uma cadeira de faculdade. “Eu não desisto porque tenho certeza que a minha hora vai chegar. Eu não tenho pressa, o que tenho é certeza que vou realizar o meu sonho”, declara.

O desejo do idoso de cursar engenharia civil surgiu enquanto o filho, Clebson Vasconcelos, se formava em arquitetura.

“A paixão dele me envolveu ao ponto de despertar em mim o desejo de me formar e, quem sabe um dia, poder trabalhar ao lado dele em um projeto”, revela.

Rotina de estudo

Acordar às 5h, preparar o café e começar a estudar era a rotina do idoso há meses. Ele conta que usa a tecnologia a favor dele na hora dos estudos.

“Com a internet tudo ficou mais prático. Consigo fazer vários testes que simulam as provas do Enem, também faço pesquisas de forma objetiva e busco estar atualizado”, conta.

Em outubro, o idoso esteve no Aulão na Rede, realizado pela Rede Amazônica, para reforçar o conteúdo da prova. “Ações assim, que contam com professores comentando e dando dicas para o Enem, ajudam a fixar o conteúdo”, comenta.

Fonte: G1.