Unidade Vila Mariana (11) 2275-2516/2276-2835

Unidade Moema (11) 2738-1700/2738-1900

Blog

06 jan

Ano novo mais que bem vindo.

por Maila Campozana

É isso aí, 2018 chegou e promete muita coisa boa para as hóspedes e também para os familiares e amigos da Nossa Casa.

Nossa equipe sempre empenhada em oferecer o melhor, está cheia de novas ideias para este ano que está só começando. Muitas atividades, muita festa, muito amor e carinho, que aliás, isso não falta.

Convidamos você a curtir nossa página no facebook, é só buscar por @nossacadaresidencial.

Se você ainda não conhece a Nossa Casa, agende uma visita, venha tomar um delicioso café (e é mesmo!) conosco e sentir de pertinho toda essa energia positiva.

Feliz vida nova, feliz ano novo.

Seja num voo curto ou de longa distância, é sempre importante estar confortável e, ao mesmo tempo, livro de problemas.

Abaixo, 8 conselhos de comissários de bordo sobre coisas que é melhor não levar a bordo de um avião. Leia este post até o fim e confira que tipo de roupa pode interromper sua viagem antes mesmo do embarque.

8. Perfume

Durante o voo, você ficará numa área pequena e cheia de outras pessoas. Evite usar perfumes fortes para não correr o risco de incomodar os demais passageiros. Para muita gente, produtos com cheiros marcantes em outras pessoas são algo intragável. Além disso, pode haver pessoas com alergias e asma na mesma aeronave.

7. Roupa apertada demais

Evite as roupas apertadas, sobretudo se seu voo foi ultrapassar as 4 horas. Numa viagem de longa distância, as pessoas correm risco de sofrer uma TVP (trombose venosa profunda). A TVP é um coágulo de sangue que se forma numa veia profunda do corpo, geralmente nas pernas. Para evitar o problema, use meias especiais de compressão, roupas folgadas e confortáveis, e caminhe pelos corredores sempre que possível.

6. Roupas complicadas

Os banheiros nos aviões são minúsculos. Caso esteja usando uma roupa de peça única, terá dificuldades para tirá-la. Em vez disso, use algo que não apresente um obstáculo na hora de ser tirado num espaço pequeno. Roupa com muitos botões e zíperes não deixam sua experiência de viagem mais confortável.

5. Roupas ou acessórios que contenham metal

Não é surpresa para ninguém que sapatos com grandes enfeites metálicos ou joias metalizadas podem atrasar a passagem pelo controle de segurança. Aqui, vale a pena ressaltar que alguns suéteres brilhantes podem conter fios metálicos tecidos na fibra. Enquanto um par de sapatos podem ser tirados do pé sem problemas, tirar os fios metálicos de um agasalho com certeza é uma tarefa muito mais difícil.

4. Roupa de verão

Ainda que você esteja indo para um lugar quente e sinta a tentação de colocar algo veranil já para o voo, lembre-se que a temperatura nas aeronaves costuma ser baixa. Contar com várias opções de vestir é fundamental para uma viagem confortável.

3. Lentes de contato

Num avião, a umidade relativa do ar pode chegar a 20%, o que fará com que as lentes ressequem, causando irritação nos olhos. Caso vá fazer um voo longo, recomendamos que você tire as lentes de contato, principalmente se for dormir.

2. Salto alto

O controle de segurança no aeroporto vai dizer para você tirar os sapatos. Os sapatos de salto não apenas podem servir para esconder substâncias proibidas como também geralmente possuem armação de metal, o que ativará os alarmes. E ninguém gosta de ficar andando descalço pelo aeroporto. Sem falar que, durante o voo, suas pernas podem inchar, tornando os sapatos apertados igualmente contraindicados.

 1. Camisetas com mensagens ofensivas

Talvez você nem acredite, mas há casos de pessoas que foram impedidas de embarcar num avião pela forma com que estavam vestidas. Os motivos podem ser os mais variados: decote exagerado, vestido muito curto, calças muito baixas, camisetas com mensagens ofensivas, pés de fora e até leggings. Tudo bem que algumas dessas exigências são no mínimo discutíveis, mas ainda assim o melhor é pensar com cuidado em suas roupas.

Fonte: https://incrivel.club/

Instituições de ensino superior terão que ofertar cursos e programas de extensão aos idosos. É o que determina a Lei 13.535/2017, sancionada no dia 15 de Dezembro de 2017 e publicada no dia 18 de Dezembro de 2017 no Diário Oficial da União.

O artigo 25 do Estatuto do Idoso (Lei 10.741/2003) já estabelece que o Estado precisa apoiar a criação de universidades abertas para idosos, além de incentivar a publicação de livros e periódicos de conteúdo e padrão editorial adequados a essa faixa etária, que facilitem a leitura, considerada a natural redução da capacidade visual nessa idade.

A nova lei acrescenta a esse artigo a necessidade por parte das instituições de educação superior de ofertar aos idosos cursos e programas de extensão, tanto presenciais como a distância, constituídos por atividades formais e não formais.

O texto tem origem no Projeto de Lei do Senado (PLS) 344/2012, aprovado na Casa em agosto de 2013 e na Câmara dos Deputados em setembro do ano passado.

Educação – O autor do PLS, senador Cristovam Buarque (PPS-DF), afirmou na justificativa do projeto que o número de idosos cresceu em proporções nunca vistas e, dessa população, pela primeira vez na história, quase metade é constituída por pessoas com escolaridade igual ou superior ao ensino fundamental, “o que os aproxima do convívio e até da matrícula em cursos e programas das instituições de educação superior”.
Ele concluiu: “a universidade, além de povoada pelos adultos em seus cursos de graduação e pós-graduação, também se vê pressionada a abrir-se em programas de extensão para uma clientela cada vez mais idosa.”

No Senado, o projeto foi aprovado na Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) em decisão terminativa. O relator na CE, senador Paulo Paim (PT-RS), modificou o projeto para que alterasse o Estatuto do Idoso, e não a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, como estava previsto no texto original. Quanto ao mérito do PLS, Paim afirmou que “a garantia de estudos em nível superior para idosos vem ao encontro de demanda cada vez mais crescente presente na realidade brasileira.”

O projeto foi aprovado na Câmara dos Deputados com uma emenda de redação da deputada Leandre (PV-PR), proposta à Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa. A parlamentar incluiu no PLS o termo “educação ao longo da vida”, que, de acordo com ela, é mais adequado à literatura especializada e às discussões sobre educação para idosos.
http://www.diariodigital.com.br

28 dez

Um Natal Feliz na Nossa Casa.

por Maila Campozana

E a Nossa Casa fechou o Natal com chave de ouro!

Na unidade Vila Mariana, as nossas meninas foram surpreendidas com uma ceia pra lá de deliciosa no almoço de Natal. A nossa equipe arrasou na cozinha. Tudo estava lindo e delicioso.

Na unidade Moema, recebemos alguns familiares para o almoço de Natal. A equipe da cozinha também caprichou na ceia.

Veja mais fotos em nossa página no facebook @nossacasaresidencial

Mais do que uma mesa linda, foi momento de agradecer a vida, agradecer o ano e também parabenizar o aniversariante, que foi o principal convidado, Jesus.

O momento também é propício para agradecer a toda a equipe, das duas unidades, por todo o empenho, carinho e amor com nossas hóspedes e familiares.

É esse vínculo de amor que buscamos a cada dia.

E em 2018 tem mais.

Até lá. 

“O futuro pertence a quem acredita na beleza dos seus sonhos.” – Eleanor Roosevelt

É muito comum iniciar um novo ano com energias renovadas, a motivação em alta e uma lista de resoluções que queremos cumprir, de forma a mudar a nossa vida para melhor. Também é comum passado um mês ou dois do ano novo essas resoluções estarem esquecidas e fechadas numa gaveta porque eram demais, não tínhamos tempo, dinheiro, vontade, companhia… Este ano novo, esqueça literalmente a habitual lista de resoluções e concentre-se apenas em fazer deste, o seu melhor ano de sempre.

1.Um objetivo. 

Uma das principais razões pelas quais as nossas resoluções nunca deixam de ser isso mesmo é porque traçamos demasiados objetivos, a maioria dos quais extremamente vagos. Em vez de elaborar uma lista extensa, dedique-se apenas a um objetivo. Porquê? Porque a verdade é que somos mais poderosos e capazes de concretizar o que quer que seja se estivermos focalizados apenas numa coisa de cada vez. Se tiver 10 objetivos perderá demasiado tempo a olhar para todos eles e a decidir em que direção deve partir, o que deve fazer primeiro… se tiver um único objetivo à sua frente, poderá canalizar toda a sua atenção e energia para esse objetivo. E esse é um dos grandes segredos do sucesso, seja em que área for. Neste novo ano, concentre toda a sua atenção nesse objetivo e não só o vai conseguir concretizar, como vai sentir-se maravilhosamente bem por o ter conseguido.

2.Crie um hábito novo. 

Os objetivos atingem-se por via dos hábitos, por isso, neste novo ano pense naquele hábito que, praticado diariamente, o vai ajudar a conquistar aquele objetivo único que estipulou para este ano. São os passos pequenos, mas contínuos, que permitem a concretização de objetivos mais vastos e importantes. Decidido qual o novo hábito que vai adotar – tendo sempre em conta a conquista do objetivo geral para o novo ano – dedique-se durante um mês à consolidação desse hábito diário, registando o seu progresso e procurando uma rede de suporte e apoio.

3.Hora de agir. 

Fazer uma lista de resoluções e traçar objetivos é relativamente fácil – o mais difícil é concretizá-los, porque até os melhores planos se tornam obsoletos se não agir, ou seja, se não arregaçar as mãos e começar a trabalhar. A ação é tudo e de forma a poder concretizar aquele objetivo que delineou para o novo ano, tem de começar a agir hoje, agora. Depois, amanhã concretize outra ação. Aliás, deve realizar uma ação palpável, que o leve cada vez mais perto da concretização do seu objetivo, todos os dias. Trate disso diariamente, logo pela manhã – pode ser algo tão simples como fazer 2 telefonemas ou levantar-se 30 minutos mais cedo. Acima de tudo, deve considerar essa ação a mais importante do dia, todos os dias. Se o fizer, será praticamente impossível falhar a concretização do seu objetivo.

4.Simplifique.

Menos é mais e a simplicidade na vida é tudo. Se dedicar algum tempo a simplificar a sua vida de alguma forma terá, certamente, um dos melhores anos de sempre. Quando temos os nossos dias demasiado cheios, a correr de um lado para outro, o mais certo é sentirmo-nos desgastados e sem rumo – tornamo-nos menos eficazes, menos felizes. Tornar a vida mais simples mantém-nos sãos e devolve-nos o poder, a eficácia e a motivação. Pare para refletir sobre as 4 ou 5 coisas mais importantes na sua vida e depois simplifique os seus compromissos, os seus planos, objetivos e listas de afazeres para que estes se alinhem com essas 4 ou 5 prioridades.

5.Concentre-se na felicidade.

Pode parecer um verdadeiro cliché, mas se resolver concentrar-se na felicidade, será efetivamente mais feliz. Não podia ser mais simples. O que é que lhe faz feliz? Então deve ser isso o foco da sua vida. Este ano, faça da felicidade a sua grande prioridade. Depois, faça tudo o que estiver ao seu alcance para tornar essa felicidade uma realidade.

6.Agende tempo de qualidade para si e para quem mais ama. 

Se estas duas coisas não constam na sua lista de 4 ou 5 prioridades, então será uma boa ideia rever essa lista – pelo menos uma das coisas prioritárias deve ser fazer algo que goste e outra deve estar relacionada com passar tempo de qualidade com as pessoas de quem mais gosta. Porquê? Porque passar tempo de qualidade consigo, a fazer algo que adora fazer, vai ainda proporcionar-lhe tempo para refletir o que, por sua vez, vai ajudá-lo a eliminar o stress da sua vida e ser mais feliz. Não tem tempo? Arranje tempo! Passar tempo de qualidade com quem mais ama é fundamental na busca pela felicidade – faça disto uma prioridade absoluta!

7.Aprenda a concentrar-se. 

A concentração é crucial para que possa atingir qualquer objetivo, quer seja aquele grande objetivo que traçou para o novo ano, quer sejam aquelas pequenas metas e lutas diárias que preenchem os nossos dias. É demasiado fácil perdemo-nos numa maré de papéis, telefonemas, emails ou outras distrações como a Internet. Se se permitir a si próprio a perda de concentração, será muito mais difícil realizar os seus objetivos. Para que este possa ser o seu melhor ano de sempre, aprenda a focalizar-se. Este pode muito bem ser um dos seus novos hábitos. Comece por identificar o seu principal objetivo para o ano novo, depois as suas 4-5 prioridades. Depois, concentre-se em pleno nessas coisas, todos os dias. Todas as manhãs ou na véspera, faça uma pequena lista das “3 coisas mais importantes que tenho de fazer hoje” e faça-as, com concentração absoluta e com a força de vontade necessária para eliminar todas e quaisquer distrações. Coloque o telefone em silêncio, organize a secretária, desligue a Internet… faça o que tiver de fazer para que se possa concentrar a 100% naquilo que tem para fazer. Terminada a primeira tarefa, faça uma pausa e recompense-se. Depois, parta para a tarefa seguinte. Para quem trabalha assim, nada é impossível.

 

Fonte: http://estadozen.com

Anežka Agnes Kašpárková, é uma simples senhora de 90 anos, ela vive em Louka, República Checa.  E atualmente Anezka dedica sua vida a transformar seu pequeno vilarejo em uma exposição ao ar livre.

Usando desenhos padronizados com flores, Anezka impressiona pessoas do mundo todo com a sua criatividade e vivacidade. As ruas de Louka tem se transformado em um verdadeiro museu ao ar livre e cada parede que ela pinta se torna uma obra de arte única e diferente.

A cada dia, no seu próprio tempo, essa simpática vovó pinta casa por casa com os padrões próprios e idênticos, sem remuneração financeira e apenas com uma boa vontade, Anezka quer deixar sua cidade natal linda para que as pessoas possam visitar e se encantar.

E a mulher checa não se prende somente as paredes, na verdade, ela pinta o que for permitido, bordos de janelas, portas, tudo. O que combinar e o que estiver disponível.

Tudo o que Anezka faz é de deixar qualquer artista de boca aberta, não só pela sua idade, mas por ela nunca ter estudado sobre artes ou curso de desenho. Ela é apenas uma ex trabalhadora agrícola que se empolgou em fazer o projeto após parar de trabalhar.

Anezka conta que seguiu os passos de uma outra mulher local que fez algo semelhante durante anos. A sua pintura usa um tom específico de azul, pois é inspirada em uma arte tradicional de uma região da república Checa, chamada de Morávia.

Mesmo depois de ser reconhecida mundialmente pelo seu trabalho, a simpática e humilde vovó diz fazer tudo por lazer, e que além de gostar muito do que faz, quer ajudar de alguma forma a embelezar sua vila.

Anezka é uma inspiração para todos nós, pois ao invés de estar em casa e descansando por conta da idade, está nos mostrando que para a criatividade e lazer, não existe idade e nem argumentos para ficar parado.

 

Fonte: http://dicaviral.com

18 dez

Feliz Natal, com chave de ouro.

por Maila Campozana

 

E a Nossa Casa fechou o Natal com chave de ouro!

Na unidade Vila Mariana, as nossas meninas foram surpreendidas com uma ceia pra lá de deliciosa no almoço de Natal. A nossa equipe arrasou na cozinha. Tudo estava lindo e delicioso.

Na unidade Moema, recebemos alguns familiares para o almoço de Natal. A equipe da cozinha também caprichou na ceia.

Veja mais fotos em nossa página no facebook @nossacasaresidencial

Mais do que uma mesa linda, foi momento de agradecer a vida, agradecer o ano e também parabenizar o aniversariante, que foi o principal convidado, Jesus.

O momento também é propício para agradecer a toda a equipe, das duas unidades, por todo o empenho, carinho e amor com nossas hóspedes e familiares.

É esse vínculo de amor que buscamos a cada dia.

E em 2018 tem mais.

Até lá. 

Escrever um cartão, de próprio punho, transforma os presentes em lembranças ainda mais pessoais e íntimas. Confira algumas abaixo 10 sugestões do Viver Bem para tornar os cartões de Natal ou Ano Novo mais pessoais e íntimos:

1) “Nem o maior e mais caro dos presentes é capaz de demonstrar o meu desejo a você e sua família para este Natal: muita paz, amor, saúde e sucesso.”

2) “Feliz Natal! Que nesta época não se abram apenas presentes, mas os corações para o amor e a paz.”

3) “Se a gente é capaz de espalhar alegria; Se a gente é capaz de toda essa magia; Eu tenho certeza que a gente podia fazer com que fosse Natal todo dia!” – frase retirada da música Natal Todo Dia, do grupo Roupa Nova.

4) “Encontrei a felicidade e ela me disse que ia para a sua casa. Pedi que ela levasse também a saúde e o amor. Trate eles bem, vão em meu nome. Feliz Ano Novo!”

5) “Receita para a ceia de Natal: misture amor, perdão e compreensão. Coloque uma pitada de harmonia e boa vontade. Sirva para as pessoas que você ama”

6) “O Natal dos sonhos é aquele que nós idealizamos no espírito, sentimos no coração e partilhamos na solidariedade. Que bom partilhar esses momentos com você!”

7) “Para ganhar um ano-novo que mereça este nome, você também tem de merecê-lo e de fazê-lo novo. Sei que não é fácil, mas tente, experimente. É dentro de você que o Ano Novo cochila e espera há muito tempo.”

8) “É tempo de esquecer o que falhou e aproveitar os próximos 365 dias para tentar de novo e fazer ainda melhor. Feliz Ano Novo!”

9) “A melhor mensagem de Natal é aquela que sai do silêncio de nossos corações e aquece com ternura os corações daqueles que nos acompanham em nossa caminhada pela vida. Obrigada por fazer parte desse trajeto.”

10) “O melhor presente que posso receber neste Natal é o seu carinho e a sua presença”

 

Fonte: http://www.gazetadopovo.com.br

18 dez

Comprar presente nem sempre é fácil, né? Fica sempre aquele frio na barriga de querer acertar em cheio, por mais que a gente conheça super bem a pessoa. Se tratando de idosos, escolher um presente pode ser um desafio. Os vovôs e vovós de hoje em dia estão cada vez mais modernos e nossos presentes precisam acompanhar essa mudança. É incrível ver a vida no olhar de uma pessoa mais velha quando a surpreendemos. Separei algumas sugestões que vão agradar dos velhinhos atléticos aos intelectuais. Experimente, nesse Natal, trazer à terceira idade o brilho de uma criança que espera ansiosamente pelo Papai Noel!

Para as vovós

1- Um porta-retrato com a foto da família. Familiares, nossas avós costumam valorizar as memórias com a família e vão achar muito especial ganhar um porta retrato com uma foto atualizada da família toda. Outra ideia são aqueles paineis de fotos, e aí você pode caprichar com fotos lindas dos avós juntinhos, fotos antigas, fotos novas, foto dos animais de estimação…

2- Um livro de receitas bem criativo, como o Cartas Amarelas. Criar novos desafios culinários pode estimular uma avó a sair da zona de conforto na cozinha e se divertir.

3- Uma bolsa lindinha, de tiracolo. Algumas idosas gostam de ir ao centro da cidade passear, ou dar uma volta no shopping ou parque. Uma bolsa de tamanho menor, com alça mais comprida é muito legal para ela colocar documentos, dinheiro, e ficar super charmosa.

4- Um óculos de sol bem poderoso. Os idosos precisam ainda mais de proteção na visão do que nós. Um óculos de sol de boa qualidade, e até mesmo com grau, é um presente bacana e cuidadoso.

5- Uma roupa colorida e confortável. Essa coisa de só dar peças de cores opacas e neutras deve acabar. As cores trazem energia, renovação e alegria!

Para os vovôs

1- Que tal uma almofada de apoio? Algumas possuem funções massageadores, inclusive. Para pessoas que passam muito tempo sentadas, ela pode servir de apoio para as costas, o pescoço, os pés…

2- A camiseta do time de futebol preferido é um presente óbvio porém de grande efeito. Os idosos gostam quando conhecemos e valorizamos seus hobbies.

3- Um tênis de boa qualidade é um cuidado e um incentivo a ele fazer uma caminhada, por exemplo. Pense em cores mais neutras, porém com um toque de alegria! O importante é ser um modelo que seja adequado para a prática de exercícios.

4- Você já ouviu falar de roupa tecnológica? Algumas marcas produzem camisetas que são capazes de alterar nosso organismo, como, por exemplo, aliviando as dores musculares! É um investimento certeiro para agradar os velhinhos.

5- Se seu avô for fã de leitura, que tal um kindle? Muitos idosos gostam de aprender coisas novas e a tecnologia é um caminho para se aproximar deles, também.

Vários são os presentes que vocês podem dar aos patronos das nossas famílias. Caixas organizadoras (para medicamentos, ferramentas, joias, maquiagem), cosméticos, objetos de decoração, objetos sacros, velas aromáticas, day spa, entre várias outras ideias, vão deixar o Natal dos velhinhos muito mais animado!

E vocês, o que comprarão de presente para esses entes tão queridos?

 

Fonte: http://www.ritaheroina.com.br

12 dez

E nós fechamos com chave de ouro os Bazares das unidades da Nossa Casa.

No ultimo dia 26, foi o Bazar Beneficente da unidade Vl. Mariana e neste último domingo, dia 10, foi o Bazar da unidade Moema.

Ambos os eventos, arrecadaram suas doações de alimentos não perecíveis para encaminhar a entidade assistida LARES (Legião de Assistência para Reabilitação de Excepcionais), uma organização não governamental, sem fins lucrativos, com o objetivo de oferecer: serviços de tratamentos, orientação e assistência a jovens e adultos com deficiência intelectual.

Gostaríamos de agradecer a presença de todos os amigos e familiares.

Vocês tornaram tudo possível e muito mais divertido.

Gostaríamos de agradecer também a presença do incrível tenor Allan Vilches que cantou e encantou a todos nós.

Até a próxima, pessoal.

Página 20 de 24« Primeira...10...1819202122...Última »