Unidade Vila Mariana (11) 2275-2516/2276-2835

Unidade Moema (11) 2738-1700/2738-1900

Blog

starbucks

Starbucks resolveu ir além das discussões sobre a importância da inclusão social de pessoas mais velhas.

A empresa inaugurou em maio deste ano uma loja no México totalmente operada por pessoas entre 60 e 65 anos de idade.

Essa uma oportunidade de inclusão social para quem está fora do mercado há algum tempo, mas quer manter sua cabeça ocupada e ganhar uma renda para complementar a aposentadoria.

O projeto surgiu através de uma parceria com o Instituto Nacional para Pessoas Idosas (INAPAM) do país – a Starbucks assinou um contrato de vínculo empregatício com o Instituto em 2013.

A loja fica situada no distrito de Coyoacan, na Cidade do México. Seus 14 funcionários – entre baristas, supervisores e especialistas em café, ou “coffee masters” – recebem, além dos benefícios regulares, outros adicionais: aumento no seguro médico total, dias extras de folga e um turno de trabalho de seis horas e meia.

“Levamos dois anos para chegar ao melhor modelo para contribuir com a comunidade de idosos no México. Abrir as portas de nossas lojas para baristas seniores não foi uma meta, foi um ato de congruência com a filosofia de inclusão da Starbucks”, disse Christian Gurria, diretor da Starbucks México.

A Starbucks México pretende empregar 120 idosos até o final de 2019. Segundo a empresa, essa força de trabalho traz vantagens para o grupo de colaboradores como um todo: ajuda no desenvolvimento das equipes com sua experiência e também diminui a rotatividade do quadro de funcionários.

E aqui no Brasil?

Por aqui, a rede ainda não tem planos de abrir uma loja operada apenas por funcionários acima dos 60 anos de idade. Porém, a Starbucks Brasil disse em um comunicado para o Instituto Longevidade “seu compromisso de criar uma cultura que valorize e respeite a diversidade e a inclusão de seus ‘partners’, como chamamos os funcionários”.

Fonte: Bem Mais Mulher

05 nov

Elvis na Nossa Casa

por nossacasa

E os meses de Outubro e Novembro foram marcados com a visita prá lá de especial de Fabian Presley, o Elvis cover mais charmoso que existe! Uau!

As nossas meninas amaram! Dançaram e cantaram muito os grandes sucessos do inesquecível Elvis Presley.

Sem contar que ele é uma simpatia e garantia de sucesso em qualquer evento. Fazemos questão de divulgar seu instagram @fabian_presley.

Veja algumas fotos desta incrível festa nas unidades Moema e Vila Mariana.

Elvis na Nossa Casa – Moema

Picture 1 of 18

Elvis na Nossa Casa – Vila Mariana

 

As que fazem mais sentido na sua atual realidade de vida! Sim, isso mesmo! Existem milhares de dicas de saúde e qualidade de vida, mas nem todas são possíveis de alcançar logo de primeira ou não se encaixam na sua vida nesse momento. Por isso, você deve colocar em prática primeiro as mais fáceis e que fazem mais sentido.

Só de você fazer isso, já estará fazendo um bem enorme para sua saúde mental, pois essa busca pela perfeição não faz bem. Se algumas dicas de saúde e qualidade de vida não podem ser colocadas em prática agora, não tem problema, foque no que você consegue e que te traz bem-estar.

Entendido este passo, podemos seguir com algumas dicas de saúde e qualidade de vida. Vou sugerir cinco, e ao final da leitura, você pode enumerar quais são mais importantes e fáceis de ser colocadas em prática, OK? Sem pressão!

qualidade de vida

Dicas de saúde e qualidade de vida

Hidrate-se – Uma das dicas de saúde e qualidade de vida mais importantes seria aumentar o consumo de água, pois um corpo desidratado fica mais fraco, confunde sede com fome, pode “travar” o intestino etc. Compre garrafinhas bem bonitas, deixe uma no quarto, uma no trabalho, uma na bolsa, uma no carro. Experimente colocar despertadores no celular para lembrar de beber água. Coloque frutas, gengibre ou hortelã na água para deixá-la mais saborosa.

Não acredite em milagres – Pare de seguir blogueiras fitness e leigos que passam “dicas de saúde e qualidade de vida”. Além dessas pessoas estarem exercendo atividade ilegal da profissão, suas informações são baseadas em pesquisas de Google e modismos, e não levam em consideração a individualidade biológica de cada um. E as blogueiras ainda possuem um agravante, mostrar realidades manipuladas que só geram frustração em quem possui uma vida “normal”. Deixe de seguir esse pessoal, sua saúde mental agradece.

Aumente o consumo de frutas – Assim que chegar da feira, já deixe as frutas lavadas e cortadas, compre potinhos bem bonitos para transportá-las. Teste novas receitas. Que tal experimentar uma fruta nova por semana?

Seja mais ativo – Essa também é uma das dicas de saúde e qualidade de vida mais importantes da atualidade, pois o sedentarismo tem causado mais falecimentos do que outros hábitos de risco. Use mais escadas ao invés de elevadores, use escadas comuns ao invés das rolantes, desça do ônibus um ponto antes do planejado.

Durma mais – Um corpo que não descansa é um corpo que não trabalha direito, que economiza calorias diminuindo seu metabolismo, e que aumenta o apetite por alimentos calóricos em busca de energia rápida.

Qualidade de vida, você merece

Organize sua rotina enumerando as atividades mensais, semanais e diárias, separando-as por blocos de horários do dia e níveis de prioridades. Com essa rotina organizada você conseguirá dormir mais cedo e acordar mais tarde. Não mexa no celular antes de dormir, não deixe aparelhos sonoros ligados, deixe o celular longe da cama.

Fonte: Sophie Deram

29 out

aplicativos

Os idosos costumam ser injustiçados quando a questão é a sua capacidade. Os preconceitos lançam sombras sobre seu potencial de trabalho, de sexo e até de uso da tecnologia – coisa de jovem, dizem muitos. Os números, porém, sugerem o contrário. Segundo dados de 2015 da PNAD (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios), do IBGE, o número de pessoas com mais de 60 anos que usam a internet passa de 80% no sul e sudeste no Brasil e não é menor que 67% no restante do país. Já um estudo da AVG Technologies, empresa de segurança na internet, afirma que três em cada quatro pessoas da terceira idade usam o Facebook, e quatro em cada cinco têm um smartphone.

Assim como as crianças, jovens e adultos, no entanto, eles também precisam de produtos mais específicos, desde um site de relacionamentos e paquera a orientações médicas. E é cada vez maior, por conta disso, o número de aplicativos voltados especialmente para eles. Conheça alguns:

EyeReader

Ele transforma o smartphone numa lente de aumento. Basta colocá-lo na frente de um rótulo com aquelas letras miúdas, por exemplo, que o aplicativo não só aumenta o tamanho do texto na tela como o ilumina. Os óculos de leitura podem ficar em casa quando se tem um aplicativo desses nas mãos. Disponível para iOS.

Lumosity

Este app é para treinar memória e atenção. É um conjunto de jogos, frequentemente atualizados para não enjoar, que têm como objetivo estimular o uso do cérebro. Com dezenas de milhões de downloads no mundo todo, ele é projetado para pessoas da terceira idade a fim de estimular a lucidez. Disponível para Android e iOS.

Red Panic Button

Este aplicativo pode ser muito útil para idosos independentes. Ele é feito para que o usuário peça ajuda em caso de uma emergência, como um mal-estar ou uma queda. Basta apertar o grande botão vermelho no meio da tela para pedir ajuda. O aplicativo envia uma mensagem por qualquer meio que o usuário quiser (Twitter, SMS, e-mail, etc.) para quantas pessoas quiser. A mensagem vai com um link com mapa de localização. Disponível para Android e iOS.

Caixa de Remédios

Nem é preciso ser idoso para ter mais propensão a esquecer a hora de tomar um remédio. Mas com a idade o número de medicamentos diários tende a subir, e não é tarefa fácil para ninguém se lembrar de todos na hora certa. Este aplicativo organiza uma agenda e faz os lembretes na hora necessária. Se quiser, uma mensagem pode ser enviada também para um familiar ou cuidador para que ele não deixe o usuário esquecer. O aplicativo também traz bula, dosagens e vai armazenando dados de tudo que está na caixa real de remédios usados eventualmente. Disponível para Android e iOS.

Fonte: Dialogando

cruzeiros

Foto: Filippo Vinardi

Tidos como artigos de luxo, glamour e status, os cruzeiros são a nova ‘onda’ de idosos por conta das ofertas especiais

Atraídos por promoções nos pagamentos de pacotes de viagens, idosos estão apostando nos passeios marítimos como a nova onda de diversão no Rio de Janeiro. Há minicruzeiros com mensalidades que não chegam a R$ 160 e destinos paradisíacos, partindo da Cidade Maravilhosa. As principais empresas e agências marítimas estimulam quem tem mais de 60 anos a embarcar em transatlânticos. De acordo com as companhias, o público da terceira idade já representa 30% da clientela, o equivalente a três vezes mais que na década passada.

Segundo economistas e consultores, a hora de ‘surfar’ nas facilidades ofertadas é agora. “Foi dada a largada para as reservas de cabines para a temporada de cruzeiros no litoral brasileiro. Entre novembro e abril de 2019, ao menos seis super embarcações estarão navegando pelas águas fluminenses”, lembra a executiva de contas da agência de viagens Quatro Cantos, Fernanda Azalin. A programação completa e os detalhes de cada embarcação, podem ser conferidos no site www.piermaua.rio.

A Quatro Cantos é uma das revendedoras de pacotes que abriu até convênios com associações de aposentados. Como fez no Sul Fluminense, oferecendo mimos para conquistar novos clientes sexagenários em Volta Redonda. O acordo com a entidade local garante a divisão de valores para aposentados em até dez vezes, concede 5% de desconto nas tarifas, ou transfer gratuito do município até o Píer Mauá, a 120 km de distância, e vice-versa.

Para a próxima temporada, os tamanhos dos navios e suas estadias aumentarão, passando para 490 mil leitos capacidade 13% maior em relação ao último período. “Fizemos os cálculos e vimos que um cruzeiro de quatro noites, em fevereiro de 2019, entre Rio-Ilha Grande-Ilha Bela, está dentro dos nossos orçamentos”, justificou a professora aposentada Rosimeri Dias, 61 anos, que viajará com as amigas Lisete Santos, também de 61 anos, e Lenice da Silva, 55. Cada uma pagou R$ 1.576,50, divididos em dez vezes (de R$ 157,65). “E ainda teremos o transporte Volta Redonda-Rio-Volta Redonda, gratuito”, comentou Lisete.

“Cruzeiro de quatro dias é uma das modalidades mais requisitadas na faixa etária um pouco mais avançada, uma vez que o trajeto não cansa”, completou a corretora de viagens, Mônica Prestes.

O aposentado Paulo Ritto, 60, também foi pesquisar vantagens com o vendedor de estadias marítimas, Diogo Matheus. “Ainda estou com uma doce dúvida para onde ir. As ofertas estão excelentes”, ressaltou.

Luxuosos, os navios gigantes encantam pelas atrações, como teatros de até três andares, piscinas semi-olímpicas, cinemas em mega telas 4D, cassinos, discotecas, academias de ginástica, bares temáticos, réplicas de campos de golfe e simulador de Fórmula 1.

Verdadeiros hotéis flutuantes, onde se pode encontrar conforto de um resort, os navios, como os do grupo MSC Cruzeiros, costumam ter programações especiais para idosos, como palestras de saúde e nutrição, alongamento ao ar livre, aulas de dança, torneios de baralho e concursos de karaokê.

Para o educador financeiro Ricardo Silva, os clientes devem atentar para não acabar gastando demais além das passagens. “Tudo exige planejamento minucioso, sobre cada centavo. Para escolher pacotes, o ideal é muita pesquisa online”, ensinou o profissional, orientando ainda a criação de orçamento próprio para a viagem escolhida e planejamento com pelo menos um ano de antecedência, especialmente para cruzeiros internacionais.

Fonte: O Dia

 

bambu

Foto: Antonio Scarpinetti

Uma farinha rica em nutrientes e fibras, com pouco carboidrato, 50% menos açúcar e gordura, foi criada por pesquisadores brasileiros.

Ela foi desenvolvida pela equipe da Faculdade de Engenharia de Alimentos da Unicamp, em São Paulo, para ser usada no preparo de macarrão, biscoitos e bolachas mais saudáveis.

A farinha tem vantagens nutricionais, quando comparada às farinhas de trigo, de milho ou de mandioca, como afirmam Maria Hermínia Felisberto e Maria Teresa Clerici, que fazem parte da equipe da Unicamp.

“Este ingrediente, feito à base de colmo jovem do bambu, possui apenas 24 g de carboidratos em relação aos 82 g da farinha de milho, por exemplo. Outro diferencial é a quantidade de fibras – são 50 g encontrados (na farinha de bambu), contra apenas 1,9 g na composição da farinha de mandioca,” disse Maria Teresa.

“[O broto de bambu] auxilia na redução dos níveis de colesterol e também tem propriedades anticarcinogênicas. A partir daí, descobrimos que o colmo jovem do bambu também é comestível e apresenta compostos benéficos à saúde, com fibras de excelente qualidade para a alimentação humana,” disse Maria Teresa.

Biscoitos e massas

Sua farinha, quando usada no preparo de biscoitos, a farinha de bambu reduziu em 50% o açúcar e a gordura em comparação com as farinhas tradicionais.

A vida útil da bolacha também foi ampliada, uma vez que seu armazenamento não necessitou de condições especiais para manter-se apropriada ao consumo.

Outra vantagem é que a fibra de bambu não compromete o sabor ou a coloração do produto, portanto, é ideal para as massas alimentícias.

Essas características fazem com que o sabor seja semelhante ao dos biscoitos encontrados no supermercado, conforme testado pela pesquisadora Amanda Rios Ferreira, que também aplicou a farinha no preparo de massas tipo fettuccine.

Na massa, a semolina foi substituída pela farinha desenvolvida no laboratório.

O resultado foi positivo. Houve redução do índice glicêmico e aumento da quantidade de fibras, o que produziu um macarrão mais saudável.

Fabricação

A farinha de bambu ainda não está à venda.

Para que possa chegar ao mercado, faltam os testes finais.

A equipe de pesquisadores espera atrair empresas interessadas em viabilizar esses testes finais para a fabricação da farinha de bambu em escala industrial.

Fonte: Só Notícia Boa

22 out

A atividade que marcou o mês de Outubro foi a deliciosa comemoração do dia das Crianças!

Tivemos a tarde de Culinária Terapia com a ilustre participação da bisneta da Dona Conceição, a Laura. Ela é uma graça e arrasou nas empadas.

Foi a maior diversão, todas adoraram a companheirinha de receitas e claro, que não sobrou uma para quem escreve aqui..rs.

Veja algumas fotos!

Dia das Nossas Crianças

Laura, esperamos você mais vezes. Oba!

tirolesa

Jack Reynolds, de 106 anos, um tataravô da Inglaterra, quebrou recentemente o Recorde Mundial do Guinness sendo a pessoa mais velha andar de tirolesa. Reynolds quebrou o recorde no mês passado enquanto comemorava seu aniversário de 106 anos.

Reynolds tem o hábito de fazer coisas interessantes em seus aniversários e dessa vez acabou no Guinness Book of World Records. Reynolds também está no Guinness como sendo a pessoa mais velha a fazer uma tatuagem, o que aconteceu em seu 104º aniversário, e a pessoa mais velha a andar em uma montanha russa em seu aniversário de 105 anos.

Reynolds usou sua visibilidade batendo recordes como uma oportunidade para arrecadar dinheiro para várias instituições de caridade.

Sua filha, Jayne, disse: “Ele decidiu usar sua velhice para ganhar dinheiro para caridade, esse é o seu principal motivo, mas, enquanto isso, ele está se divertindo muito. “Tornou-se de certa forma uma tradição que no meu aniversário eu use minha nova era para ajudar a arrecadar dinheiro para instituições de caridade dignas”.

Fonte: Fique Sabendo

trabalho

Não é novidade que a atividade profissional, seja qual for, causa estresse aos colaboradores da empresa. É fato que o ambiente corporativo pode influenciar diretamente na saúde do trabalhador. Por isso, para alcançar mais produtividade, criatividade e satisfação profissional, bem estar e qualidade de vida são características essenciais para uma carreira de sucesso.

O local de trabalho tem o poder de afetar as emoções e se o lugar for mal projetado, ainda pode prejudicar a saúde física e mental. “Nós somos seres sensoriais. Temos receptores em nosso corpo que interpretam as informações do meio externo e enviam para o cérebro. Consequentemente, isso vai gerar uma emoção, estimulando um determinado comportamento. É importante ter a ajuda de um profissional especializado no assunto para ajudar a melhorar o ambiente da melhor forma possível”, explica a arquiteta, especialista em ambiente de trabalho, Priscilla Bencke.

Cinco dicas básicas que ajudam a melhorar o bem estar no ambiente corporativo

1. Tenha uma estação de trabalho adequada: “é importante que as cadeiras e as mesas sejam adequadas, porém, devemos estar atentos aos equipamentos, como computadores e notebooks. Não adianta nada eu ter uma mesa e uma cadeira adequada e ter um monitor que faz com que eu fique com a cabeça abaixada o dia inteiro”, orienta a arquiteta. Por isso, é necessário o uso de suportes para monitor, o mesmo vale para notebooks. O dimensionamento das mesas também é importante, todos os equipamentos devem ser bem posicionados para que a falta de espaço não crie o estresse.

2. Preste muita atenção na iluminação: Se o problema for o excesso, procure por cortinas ou lâmpadas mais fracas. Se estiver faltando, uma boa dica são as luminárias de mesa.

3. Organize sua mesa: mesas bagunçadas ou com muito conteúdo tendem a gerar estresse e desvio de atenção. “Procure ter bons lugares de armazenamento, de preferência com portas fechadas. O simples fato de não ver uma bagunça já dá mais clareza para trabalhar com bem estar”, aconselha Priscilla.

4. Invista nos elementos da natureza: Existe uma pesquisa que mostra que vegetação e elementos naturais aumentam o bem estar e a criatividade em 15%, e a produtividade em 6%. “O nosso cérebro também faz essa referência com uma vegetação artificial, um quadro com imagem de paisagem, revestimento de madeira, pedra, tudo o que simule a questão da natureza. Esse é um investimento acessível e que traz muitos benefícios”, recomenda a especialista.

5. Crie hábitos de uma boa postura: A grande maioria das pessoas trabalha quase o dia inteiro em frente ao computador. Portanto, comece a prestar atenção na sua postura.

Na cadeira: é importante que tenha uma regulagem de assento e braço, além de o encosto apoiar a lombar. “Costumo dizer que a cadeira é nossa melhor amiga, ela deve estar sempre encostada na gente. É necessário sentar bem para trás na cadeira, sentir nossa lombar apoiada. Os braços precisam estar apoiados em um ângulo de mais ou menos de 90 graus, da mesma forma que as pernas fiquem apoiadas no chão no mesmo ângulo”, ensina a arquiteta. – O ideal é que o braço da cadeira esteja na mesma altura da nossa mesa. A pessoa mais baixa que não consegue apoiar os pés no chão precisa de um apoio de pés.
– Tenha uma distância da tela para que não prejudique seus os olhos. Quanto maior a tela, maior a distância.
– O monitor precisa estar em uma altura que o pescoço não fique torto. É necessário que os olhos estejam alinhados em uma linha horizontal na parte de cima do monitor. Para os notebooks, o ideal é que tenham suportes, além de mouse e teclado externo.

Fonte: Catraca Livre

câncer de mama

Você sabia que a redução de óbitos está relacionada ao tempo entre o atendimento e o diagnóstico do câncer de mama? E mais do que isso: a diminuição dessa estatística pode ser alcançada por meio de providências simples como o autoexame e exames médicos regulares.

De acordo com o Hospital Estadual Pérola Byington, referência no atendimento à saúde da mulher, o tempo de espera entre o diagnóstico da doença e o início do tratamento é superior a 120 dias, na maioria dos casos. E mais: neste período, há progressão de tumores em estágio inicial para avançado e, consequentemente, ocorre o aumento no número de mortes.

Prevenção

Confira as recomendações do Instituto Nacional do Câncer (IAC):

– Conheça o seu corpo e saiba identificar sinais de anormalidade nos seios (autoexame);

– Faça consultas médicas regularmente. Mulheres entre 50 e 60 anos devem fazer exames de mamografia de rastreamento pelo menos a cada dois anos;

– A detectação precoce é a principal medida para o tratamento de sucesso;

– Hábitos saudáveis contribuem para reduzir em até 30% os riscos de câncer;

– Pratique atividade física;

– Alimente-se de forma saudável;

– Mantenha o peso corporal adequado;

– Evite o consumo de bebidas alcoólicas e cigarros;

– Amamente: amamentar faz bem para o bebê e para as mães.

Sinais e sintomas

– Caroço (nódulo) fixo, endurecido, e, geralmente, indolor;

– Pele da mama avermelhada, retraída ou parecida com casca de laranja;

– Alterações no bico do peito (mamilo);

– Pequenos nódulos na região embaixo dos braços (axilas) ou no pescoço;

– Saída espontânea de líquido dos mamilos.

Recomendação

Procure um especialista caso você identifique qualquer alteração nas mamas. E lembre-se: o câncer de mama só pode ser confirmado por meio de exames.

Fonte: A Cidade On

Página 10 de 24« Primeira...89101112...20...Última »