Unidade Vila Mariana (11) 2275-2516/2276-2835

Unidade Moema (11) 2738-1700/2738-1900

Blog

31 jul

Como ficará o seu pet pós-pandemia?

por nossacasa

Os pets foram companhias essenciais durante esta quarentena, mas como ficarão os nossos animais de estimação depois da pandemia?

Durante a pandemia, viver a solidão do isolamento social se tornou uma tarefa bastante difícil para a maioria das pessoas. 

Além de todas as mudanças na rotina, a falta de interação com o próximo e a pausa nas visitas em casa se tornaram portas abertas para a tristeza e, até mesmo, para a depressão. 

Com isso, algumas pessoas optaram pela companhia dos pets! O número de adoções aumentou bastante neste período, o que é muito bom para os peludos que precisam de um lar. Mas, e quando as coisas voltarem ao normal? 

Não dá pra esquecer que agora existe um serzinho que depende de você.

E agora, como praticar o distanciamento do seu pet sem prejudicá-lo? 

Os pets depois da pandemia

Os gatos, por natureza, já são mais independentes, então pode ser um pouco mais fácil. Já os cães, provavelmente sentirão mais esse afastamento.   

Assim, separamos algumas dicas interessantes que podem ajudar os bichinhos a entender melhor a volta do cotidiano. Confira!

  • Promova pequenos isolamentos
    Comece acostumando seu pet a ficar sozinho durante curtos intervalos de tempo — pelo menos meia horinha, de duas a três vezes ao dia. Aos poucos, vá aumentando esses períodos. Aproveite esse momento para sair, se necessário. 
  • Diminua o ritmo das brincadeiras
    Deixe-as para os horários que realmente estaria em casa. Além disso, opte por brinquedos interativos, aqueles que se é possível esconder petiscos dentro — eles ajudam a diminuir a ansiedade dos bichanos e os móveis agradecem! 
  • Biscoitos na despedida
    Para que o seu pet associe a sua saída à coisas boas e recompensas,  os biscoitinhos são infalíveis!

Como ficarão os pets no pós-pandemia

Mesmo com as dicas, caso você perceba algum comportamento diferente ou precise de ajuda, procure um profissional. 

Afinal, é sempre importante lembrar que, assim como nós, os pets também merecem todo o cuidado, respeito e carinho do mundo. 

Maíla C. D’addìo – Formada em Rádio e Televisão pela Universidade FMU

Radialista DRT 0034310/SP