Unidade Vila Mariana (11) 2275-2516/2276-2835

Unidade Moema (11) 2738-1700/2738-1900

Blog

02 set

Garçom para serviço e almoça com idoso que estava sozinho e entristecido

por nossacasa

Garçom

Um jovem garçom decidiu parar tudo que estava fazendo em um restaurante de Belle Vernon, na Pensilvânia (EUA), para almoçar com um idoso de 91 anos que estava sozinho.

Lisa Meilander e sua família estavam almoçando na mesa ao lado quando se depararam com a cena. Ela decidiu tirar uma foto e a publicou nas redes sociais, esquentando o coração dos internautas.

Ao ver o idoso almoçando meio cabisbaixo e entristecido, o garçom Dylan Tetil se dirigiu até sua mesa, onde ambos começaram a conversar.

“O senhor pediu desculpas por não ouvir muito bem”, escreveu Meilander no Facebook. “Ele havia esquecido de colocar seus aparelhos auditivos. Falou sobre como ele perdeu a audição durante seu tempo na guerra. Ele tinha 91 anos e muitas, muitas muitas histórias para contar. Dylan ouviu pacientemente dando-lhe toda a atenção do mundo.”

Garçom ‘bom ouvinte’

“Eventualmente o homem se desculpou por falar tanto. ‘Estou sozinho agora’, ele disse, ‘e muitas vezes não tenho ninguém com quem conversar’.” Dylan sorriu e disse que gostava de ouvir.

O rapaz então ajudou o homem a escolher uma refeição no cardápio antes de levar o pedido para cozinha. Eles almoçaram juntos.

“Acho que não fomos os únicos a escutar a conversa”, brincou. “Depois que o senhor recebeu sua comida, eles voltaram a conversar, enquanto comiam. Quando saímos do restaurante, lá estavam eles ainda, na mesa, sentados e conversando. Vimos muitas pessoas saindo dali com um sorriso no rosto. Foi um momento muito comovente.”

“Com todas as histórias negativas que circulam por aí, esta foi uma lufada de ar fresco. Eu me pergunto se eu teria sido tão gentil e atenciosa se fosse eu quem estivesse trabalhando lá”, acrescentou. “Uma coisa é certa: se você estiver no [Restaurante] Eat’n Park em Belle Vernon, peça por Dylan. Se ele for o seu garçom, com certeza você será muito bem atendido.”

Referência: Razões para Acreditar