Unidade Vila Mariana (11) 2275-2516/2276-2835

Unidade Moema (11) 2738-1700/2738-1900

Blog

22 abr

Cuidado ao idoso é uma das profissões do futuro

por nossacasa

Número de brasileiros na terceira idade vai superar os de 0 a 14 anos em 2031; saiba quais são as carreiras ligadas a esse segmento

O número de brasileiros com mais de 60 anos superou os 30 milhões em 2017, segundo dados da última Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad). E em 2031, a população de terceira idade já será maior do que a entre 0 e 14 anos. Diante disso, crescem as oportunidades para profissões ligadas ao cuidado das pessoas na terceira idade. Com o aumento da expectativa de vida, essas carreiras estão entre as que são consideradas profissões do futuro.

Atividades relacionadas a cálculos previdenciários, cuidados dos mais velhos, desenvolvimento de novos medicamentos estão entre elas. As informações constam em um relatório do Programa de Estudos do Futuro (Profuturo) da Fundação Instituto de Administração (FIA), que cita ainda aconselhamento de aposentadoria planos para gestão dos recursos financeiros e atividades culturais.

Para se ter ideia das possibilidades de profissões ligadas à terceira idade, o advogado especializado em Direito Previdenciário, Leandro Crelier, criou um canal no Youtube para tirar dúvidas relativas ao cálculo da aposentadoria. Em pouco tempo, ultrapassou os 40 mil inscritos.

“O público do canal é de maioria feminina e na faixa de 55 a 64 anos. A maior parte das perguntas envolve os requisitos para aposentadoria. Idade e tempo de contribuição”, conta.  E a ideia de fazer o canal, a princípio, não tinha relação com esse público. “A ideia surgiu depois que escolhi a área de direito previdenciário como atuação. De certa forma, eu já sabia que atenderia a esse público”, completa.

Mas é na área de Saúde que está o maior número de oportunidades. Entre elas, o estudo do envelhecimento e os impactos na saúde, enfermagem e a própria medicina geriátrica. Veja algumas das profissões ligadas ao cuidado da saúde dos idosos.

Gerontologia

A área se dedica a estudar como acontece o processo de envelhecimento do corpo humano e os seus impactos para a saúde psicológica, vida social e os aspectos biológicos do paciente. Um tecnólogo em gerontologia ganha cerca de R$ 1.500/mês. Já um gerontólogo deve receber algo em torno de R$ 2.000.

Enfermagem

A assistência da enfermagem ao idoso é fundamental para garantir aos pacientes a reabilitação e cuidados continuados. O profissional formado no curso de enfermagem pode prestar atendimento em hospitais, clínicas ou de forma domiciliar. Também há a possibilidade de se especializar nesse segmento através do curso de Enfermagem Geriátrica, Saúde do Idoso. O salário de um profissional de enfermagem varia de R$ 1.400 a R$ 4 mil.

Medicina

A geriatria é uma especialidade da medicina que forma profissionais para investigar, diagnosticar e tratar doenças relacionadas à velhice. Após os seis anos do curso de graduação, o médico pode realizar uma especialização na área e trabalhar com idosos em hospitais, consultórios, clínicas, asilos, entre outros. O piso salarial de um médico é de R$ 13.847.

Fisioterapia

Fisioterapeutas podem trabalhar com pessoas em diferentes fases do desenvolvimento humano. A população idosa pode ser o foco de atuação de profissionais que buscam auxiliar as pessoas da terceira idade na busca por melhorias na qualidade de vida, prevenindo e tratando lesões. O piso salarial mensal de um fisioterapeuta é de cerca de R$ 1,5 mil para uma carga semanal de 30 horas.

Psicologia

O avançar da idade ocasiona diversas transformações que podem acarretar problemas na saúde mental dos pacientes. Lidar com a velhice pode ser um momento delicado para algumas pessoas, que necessitam de atenção especial dos psicólogos, aptos a garantir o bem-estar psicológico dos pacientes. O salário médio do psicólogo hospitalar é de R$ 2.707,71.

Terapia Ocupacional

Graduados no curso de Terapia Ocupacional podem atuar com a saúde física e mental das pessoas. O profissional pode se especializar para atuar com o tratamento de pessoas idosas, possibilitando a reabilitação e prevenção de alterações psicomotoras e afetivas. A média salarial de um terapeuta ocupacional é de R$ 2.153. Todos os dados são da Catho.

Fonte: Minha Saúde Proteste